Roberto Santiago tem prisão mantida e é mandado para o 1º Batalhão da PM

O empresário Roberto Santiago teve sua prisão preventiva mantida por decisão da audiência de custódia. Roberto Santiago foi preso pela Polícia Federal durante a terceira fase da Operação Xeque-Mate, que investiga um esquema criminoso em Cabedelo.

O juiz Henrique Jorge Jácome decidiu que ele irá ficar detido no 1º Batalhão da Polícia Militar, localizado no bairro do Varadouro, em João Pessoa, de acordo com o que foi apurado pelo ClickPB. A audiência de custódia aconteceu no fim da manhã desta sexta-feira (22).

O empresário não possui curso superior e, por isso, não tem direito a cela especial, como foi confirmado em entrevista ao ClickPB pelo promotor de Justiça Rafael Lima Linhares. Porém, o juiz entrou em acordo com o Ministério Público da Paraíba para que Roberto Santiago fosse levado para o 1º Batalhão da Polícia Militar por “questões de segurança”, tanto do próprio investigado como para que não fossem necessárias modificações no sistema prisional em função de sua presença, segundo informou a assessoria do Tribunal de Justiça.

Fonte: ClickPB

Deixe uma resposta