Preso há 1 ano, ex-prefeito de Cabedelo Leto Viana tem rotina com TV, advogados e banho de sol na carceragem do Valentina Figueiredo

Hoje, 3 de abril, completa-se um um ano de um acontecimento histórico na politica paraibana: a prisão do ex-prefeito de Cabedelo, Leto Viana, que está detido na carceragem do 5 Batalhão de Policia do Valentina Figueiredo, em João Pessoa. Leto teve a prisão preventiva decretada pelo de desembargador do Tribunal de Justiça da Paraíba (TJPB) João Benedito da Silva, no dia 3 de abril de 2018.

A ação foi realizada pela Polícia Federal em conjunto com o Grupo de Atuação Especial contra o Crime Organizado (GAECO) do Ministério Público estadual em cumprimento aos mandados autorizados pelo desembargador João Benedito da Silva.

A Operação Xeque-Mate prendeu Leto, Jaqueline França, o ex-presidente da Câmara, Lúcio José, além de Marcos Antônio, Inaldo Figueiredo, Tércio de Figueiredo, Antônio Bezerra do Vale e Adeildo Duarte. Júnior Datele, que também foi detido, responde em liberdade. Leila Viana segue em prisão domiciliar.

A ação da PF com o Grupo de Atuação Especial contra o Crime Organizado (Gaeco) do Ministério Público prendeu o grupo no dia 3 de abril de 2018 e investiga esquema de corrupção envolvendo servidores, vereadores e o ex-prefeito de Cabedelo. O vice-prefeito Flávio Oliveira era investigado, mas morreu no dia 15 de julho do ano passado.

Fonte: ClickPB

Deixe uma resposta