Prefeituras são suspeitas de fraudes para aumentar salários

Inquérito instaurado pelo Ministério Público da Paraíba (MPPB) vai apurar denúncia de que servidores de quatro prefeituras estariam conseguindo afastamento para frequentar cursos de mestrado/doutorado em uma instituição irregular e sem reconhecimento pelo Ministério da Educação para obter vantagens, como por exemplo, aumento salarial. A  portaria foi publicada na página 16, do Diário do Ministério Público desta quarta-feira (24).

A denúncia feita de forma anônima foi encaminhada à ouvidoria do MPPB e sugere que tais irregularidades estariam acontecendo nas prefeituras de Itabaiana, Mogeiro, Juripiranga e Salgado de São Félix, todos localizados no Vale do Paraíba, Agreste do estado.

O caso está sendo conduzido pela promotora Ana Carolina Cavalcanti, que determinou a identificação de supostos responsáveis, bem como a coleta de provas, caso necessários, para ao final, adotar as medidas judiciais cabíveis.

Fonte: Portal Correio

Deixe uma resposta