MPF instaura inquérito para apurar supostas irregularidades em concurso da UFPB

O Ministério Público Federal na Paraíba (MPF-PB) instaurou um inquérito para investigar possíveis irregularidades em um concurso público para o cargo de professor na Universidade Federal da Paraíba (UFPB). A portaria transformando o procedimento preparatório em inquérito civil foi publicada na edição desta quinta-feira (28) do Diário Oficial do MPF.

A irregularidade estaria no concurso de edital número 93, de 30 de agosto de 2017 para o cargo de professor efetivo de Ensino Básico, Técnico e Tecnológica.

O procurador Rodrigo Gomes Teixeira considerou que os elementos de prova que foram até então colhidos são insuficientes para a aplicação das medidas cabíveis. Devido a isso, ele decidiu converter o procedimento preparatório em um inquérito civil.

Ficou estabelecido ainda o prazo de um ano para a conclusão do inquérito civil. O procurador determinou ainda o cumprimento de diligências.

Fonte: ClickPB

Deixe uma resposta